Intercessão

 

 

 

     Interceder é pedir algo em favor de uma outra pessoa.É colocar-se entre Deus e alguém rogando pela sua causa e necessidade, como São Tiago nos exorta a fazer: “orai uns pelos outros para serdes curados. A oração do justo tem grande eficácia.”

     Na intercessão, aquele que  reza “não procura seus próprios interesses, mas sobretudo dos outros” (Fl 2, 4), e reza mesmo por aqueles que lhe fazem mal. (CIC 2635)

     A intercessão é uma oração de pedido que nos conforma de perto com a oração de Jesus. Ele é o único Intercessor junto do Pai em favor de todos os homens, dos pecadores, sobretudo. (CIC 2634)

 

     Um intercessor não nasce pronto, todo batizado pode ser, porem existem critérios para se tornar um Intercessor.

- O intercessor tem que estar preparado, tem que ter amizade com Deus. Por que a prece do injusto não chega ao Pai.

- Não pode se tornar um intercessor na vida em espírito, ou em um grupo de oração de uma paróquia, quem não acredita naquilo e por aquilo que reza.

- O intercessor deve sempre pedir a Deus que o afaste de tudo aquilo que lhe cause dúvida na fé.

- Deve ter uma vida consagrada. A maior parte das pessoas, falha na intercessão por não ter disciplina.

- Deve confessar  uma vez por mês e ter uma vida sacramental.

- Vejam, quem se coloca entre Deus e alguém, tem que estar forte. Para estar forte tem que ter confessado e comungado.

- Dois exercícios espirituais: Jejum e caridade são as armas poderosas de um intercessor.

 

     Por fim lembro que a intercessão é algo que nunca deve falhar, tanto que a melhor definição de Intercessão que eu já ouvi na vida é esta: “Intercessão é carregar o outro, de joelhos dobrados”.

 

 

Trabalhos desenvolvidos na Paróquia:

 

 

Reuniões: 

 

Coordenação Paroquial: Cristina e Cleide

 

 

 

Santuário Nossa Senhora do Amor Divino.

Rua Vigário Corrêa, nº 195, Corrêas - Petrópolis/RJ   |   Tel.: (24) 2221-2684

Desenvolvido pela

  • Instagram - Black Circle
  • YouTube Quadrado Preto
  • Facebook quadrado preto